Por que é tão importante monitorar o comportamento do motorista atualmente? A resposta é simples: prevenir e reduzir riscos de acidentes e demais sinistros nas operações de transporte e logística.

Isso porque o índice de acidentes nas rodovias federais brasileiras aumentou 1,6% em 2021 em relação a 2020, ou seja, as ocorrências passaram de 63.447 para 64.452 casos de um ano para outro.

As mortes também cresceram, passando de 5.287 vidas perdidas, em 2020, para 5.391 em 2021, de acordo com o Painel CNT de Consultas Dinâmicas dos Acidentes Rodoviários. Os motivos para números tão assustadores vão desde problemas na infraestrutura até a imperícia de motoristas.

Por isso, empresas que atuam na área de transporte e logística passam a implementar projetos internos para treinar motoristas e criar padrões e regras, que trazem mais segurança e direção eficiente.

Além disso, outros benefícios surgem com a implementação de projetos de comportamento de direção.

Leia mais: Sensor de fadiga e telemetria aumentam produtividade

Telemetria embarcada

Mas como implementar padrões e normas de condução? Para isso, o gestor de frotas precisa usar a inteligência da telemetria embarcada nos veículos e, dessa forma, levantar os resultados obtidos pela rede CAN.

Por meio da rede, passam todos os dados importantes, como velocidade média, consumo de combustível, freadas bruscas, entre outros. A partir dessa inteligência, as informações são analisadas e servem para tomadas de decisões.

A partir do momento em que o gestor de frotas sabe como cada veículo foi conduzido, ele consegue criar as normas e, então treinar motoristas, que podem participar de campanhas internas de premiação. Nesse caso, gestores de frotas podem premiar os motoristas que tiverem direção mais segura e incentivar o que precisam melhorar.

Condução segura

Assim que o gestor implementa essa cultura nas empresas, resultados positivos surgem rapidamente, além da diminuição dos acidentes:

Redução de custos: com direção mais segura e consciente, diminui o consumo de combustível e a necessidade de manutenção corretiva.

Produtividade: se motoristas dirigirem de forma imprudente, há riscos de sinistros e, dessa maneira, a frota fica mais tempo ociosa e isso impacta diretamente na lucratividade da empresa.

Imagem negativa: como as frotas, na maioria dos casos, usam a identidade visual das empresas, se motoristas dirigirem com imprudência e causarem acidentes, a marca será diretamente afetada.

Gestão de frotas

Como seus clientes fazem a gestão do comportamento do motorista? Comente aqui para sabermos e podermos ajudar.

Quer saber mais sobre equipamentos para gestão de frotas e ter informações valiosas sobre cada veículo?

Fale com a gente pelo WhatsApp (11) 3865-0233.

Aproveite para seguir nossas redes sociais para ter mais informações sobre o universo da telemetria e gestão de frotas.

Instagram.com/newtectelemetria

Facebook.com/newtectelemetria

LinkedIn/company/newtectelemetria